fbpx

DJ Ivis tem HC negado e cabeça raspada no presídio

Compartilhe!

Após a prisão por agredir a ex-mulher Pamella Holanda, no última dia 14 de julho, DJ Ivis teve a cabeça raspada ao chegar ao presídio Irmã Imelda Lima Pontes, na região metropolitana de Fortaleza, no Ceará, para onde foi levado após ter o habeas corpus (HC) negado pela Justiça cearense. A nova imagem do músico, cujo nome de batismo é Iverson de Souza Araújo, foi fartamente repercutida ao longo desta desta segunda-feira (19).

Devido a grande repercussão do caso onde aparece espancando a ex-mulher, o músico é mantido sob forte esquema especial de segurança dentro da unidade prisional. Ele foi conduzido à cadeia após passar por audiência de custódia, que confirmou sua detenção no sistema prisional do Ceará.

No fim de semana, a defesa de DJ Ivis teve o pedido de habeas corpus negado pelo Tribunal de Justiça do Ceará. 

DJ Ivis e o caso de agressão

DJ Ivis, é acusado de agredir a ex-mulher Pamella Holanda, que divulgou imagens nas redes sociais onde aparece levando puxões de cabelo, chutes na costela, socos na cabeça e no rosto desferidos pelo DJ, tudo diante da filha de apenas 9 meses na residência do casal, na cidade de Eusébio (CE).

Após os exames de corpo de delito comprovarem as agressões, a Polícia Civil do Ceará deu sequência às investigações sobre o caso, que tramita sob segredo de Justiça. O Ministério Público solicitou uma medida protetiva para Pamella e para a filha, que foi concedida pelo Tribunal de Justiça do estado.

Em suas redes sociais, DJ Ivis se defendeu dizendo não vivia uma relação saudável há algum tempo com Pamella, que sofreu ameaças e que as imagens divulgadas foram editadas e não mostram todo o conflito. O músico ainda falou que, em março desse ano, registrou um boletim de ocorrência contra a ex-mulher por agressão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *