fbpx

Vídeo: mulher é esfaqueada até a morte dentro de shopping

Compartilhe!

Matheus dos Santos da Silva, de 21 anos, foi preso no início da tarde desta quarta-feira (2) depois de matar esfaqueada uma colega identificada como Vitórya Melissa Mota, de 22 anos, em plena praça de alimentação de um shopping center em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro. O crime aconteceu na tarde desta quarta-feira (2).

A principal suspeita é que o crime se trate de um episódio passional. De acordo om informações do portal G1, amigos informaram que Matheus nutria um amor não correspondido por Vitórya, que era sua colega em um curso técnico de enfermagem e trabalhava em uma cafeteria na praça de alimentação do Centro Comercial.

A Polícia informou que a faca utilizada no crime foi comprada minutos antes, em uma loja do próprio shopping center. Imagens registradas por câmeras de segurança mostram o exato momento em que o crime aconteceu, mostrando uma enorme frieza e brutalidade das ações de Matheus, que permanece por um longo momento desferindo facadas contra a vítima já deitada ao chão.

Outra filmagem mostra a vítima já no chão, amparada por clientes do shopping que checam sus sinais vitais. A imagem pode ser vista abaixo, e foi distorcida em consideração à vítima, seus familiares e espectadores sensíveis às fortes imagens.

Por volta de 13h12 ouve o chamado para o quartel do Corpo de Bombeiros, informando da ocorrência de esfaqueamento. Vitórya foi atendida pelos militares ainda no local do crime e, em seguida, encaminhada para o Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), cuja direção informou, também ao G1. que a paciente “chegou à unidade em óbito”.

A administração do Plaza Shopping informou que está acompanhando de perto o caso e prestando toda a atenção à vítima. De acordo com a nota, o shopping se solidariza à família e amigos da jovem Vitórya Melissa Mota.Ainda de acordo com o estabelecimento, o Plaza “repudia qualquer ato de violência e segue à disposição das autoridades para colaborar com as investigações caso seja necessário”.

O empreendimento repudiou também “mais um crime de feminicídio que ocorre no país”. Na nota, a assessoria do shopping informou que o suspeito foi entregue à polícia pelos seguranças.

Outro vídeo mostra o momento em que o sujeito é detido enquanto a mulher é socorrida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *