fbpx

Menina de 11 anos usava remédios para não sentir estupros

Compartilhe!

Uma menina de 11 anos alegou que usava remédios para sentir nada quando era estuprada por um adolescente de 16 anos. O suspeito foi apreendido nesta terça-feira (01).

O crime ocorreu em agosto de 2020, em um residencial localizado no bairro Cidade de Deus, zona Norte de Manaus.

De acordo com a delegada Elizabeth de Paula, titular da Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai) em o adolescente namorava com a mãe da vítima, e aproveitava o acesso à casa para cometer os abusos contra a menina de 11 , que usava remédios para não sentir nada durante os estupros.

“Na época dos fatos, a vítima chegou a ingerir um medicamento para não sentir quando o infrator passava a mão em seu corpo. O mandado de busca e apreensão em nome dele foi expedido pelo juiz Eliezer Fernandes Júnior, do Juizado da Infância e Juventude”, relatou Elizabeth.

Leia mais: Jovem é executado com dois tiros na cabeça

Ainda de acordo com a autoridade policial, após a ordem judicial ser decretada, as equipes policiais seguiram até aquele mesmo residencial e conseguiram apreender o adolescente, que foi encaminhado à Deaai para os procedimentos cabíveis.

O adolescente responderá por ato infracional análogo ao crime de estupro de vulnerável. Ele será encaminhado ao Centro Socioeducativo de Semiliberdade (CSE), localizado no Conjunto Álvaro Neves, bairro Dom Pedro, zona centro-oeste da cidade.

One thought on “Menina de 11 anos usava remédios para não sentir estupros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *