fbpx

Menina de 7 anos morre afogada mas médicos descobrem possível estupro

Compartilhe!

Raquel Oliveira, uma menina de apenas 7 anos, morreu após dar entrada no Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Galileia com suspeita de afogamento na manhã de hoje (27). Porém, ao passar por exames, os médicos perceberam que o corpo da criança estava cheio de hematomas e com as partes íntimas dilaceradas. Dois familiares da vítima são suspeitos de terem cometido os abusos.

Raquel chegou no SPA acompanhada por uma tia por volta das 7h. A menina deu entrada por afogamento ainda com vida, mas estava bastante machucada. Os médicos examinaram a criança e perceberam vestígios de estupro na região anal e vaginal da menina. Devido a gravidade dos ferimentos, Raquel não resistiu e morreu na unidade hospitalar.

Os médicos acionaram a polícia e o corpo da criança foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), e passará por exames de necropsia e corpo de delito para confirmar os abusos.

A menina morava com a tia no bairro Monte das Oliveiras, na zona Norte de Manaus. O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e a Polícia Civil já tem dois suspeitos, que são parentes da vítima.

One thought on “Menina de 7 anos morre afogada mas médicos descobrem possível estupro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *