fbpx

Suspeito de estuprar criança é salvo de linchamento

Compartilhe!

A Polícia Civil investiga o caso de um soldado do Exército Brasileiro, de 21 anos, apontado como o autor do estupro de uma criança de apenas 6 anos. O crime teria sido descoberto após o suspeito divulgar o vídeo do crime em grupos de amigos no WhatsApp.

Graças ao compartilhamento dessas imagens, o suspeito foi espancado pela população na noite desse sábado (24), na rua Maguaribe, no bairro Novo Aleixo, na zona Norte de Manaus.

A polícia militar foi quem salvou o soldado, que seria lotado no 1º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS), de ser linchado. Quando os PMs conseguiram retirar a população de cima do homem, os policiais descobriram o motivo das agressões.

Segundo foi informado aos policiais, o homem havia estuprado uma criança de 6 anos que mora na rua Madalena Frota, no mesmo bairro.

O caso foi levado para a Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca) para ser investigado. A vítima seria sobrinha do militar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *