fbpx

Idosa venezuelana é presa transportando cocaína e maconha nas partes íntimas

Compartilhe!

Uma idosa venezuelana de 66 anos foi presa por policiais da Base Arpão, transportando drogas nas partes íntimas. A prisão ocorreu em Coari, município do interior do Amazonas, durante uma fiscalização em embarcações no Rio Solimões neste domingo (20). A mulher vinha de lancha de Tabatinga, na tríplice fronteira, com destino a Manaus.

A droga apreendida com a idosa está avaliada em R$ 4 mil. Ela foi abordada durante a manhã, na embarcação Madame Crys. Os policiais militares e civis contaram com auxílio da cadela Zoé, da Companhia Independente de Policiamento com Cães (Cipcães), que sinalizou que no banco onde a mulher estava havia drogas.

Ao fazerem a abordagem os policiais sentiram um forte odor de fezes, foi quando a idosa confessou que tinha introduziu a droga . Ela foi levada até um local para fazer a evacuação do material. Após isso foram localizadas três capsulas contendo cocaína e uma esfera de maconha tipo skunk. Em depoimento, ela confessou ter recebido a quantia de R$ 1 mil para transportar a droga.

A idosa foi conduzida ao Hospital de Coari para exames médicos, mas disse que não carregava mais entorpecentes consigo. Ela foi informada que corria risco de vida, caso algum material vazasse dentro do organismo. Segundo a Polícia Civil, é raro esse tipo de transporte de drogas em embarcações.

A idosa foi presa em flagrante e vai responder pelo crime de tráfico de drogas. Ela foi levada para a Delegacia que funciona na Base.

Esta é a 18 mulher presa pela Base Arpão transportando droga em barcos que navegam no Rio Solimões. De 21 prisões relacionadas a tráfico de drogas efetuadas pelas equipes nos últimos 20 dias, 18 foram mulheres. No mesmo período, foram apreendidos mais de 130 quilos de entorpecentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *