fbpx

Traficantes são degolados após roubo de droga do CV

Compartilhe!

Dois traficantes foram assassinados, um deles degolado, após o roubo de um carregamento de drogas da facção criminosa Comando Vermelho (CV), em Manaus.

Os corpos foram encontrados na tarde deste domingo (7), nos fundos da sede da Secretaria de Estado em Educação (Seduc), no bairro do Japiim, na zona sul de Manaus.

Os dois traficantes estavam com as mãos e pés amarrados e os corpos enterrados em uma área à beira do córrego que corta a rua Manaus 2000.

Um dos mortos estava sem a cabeça. Ela foi encontrada ao lado de um cartaz que explicava o motivo da execução da dupla.

O texto do cartaz dizia “roubaram a droga do CV. Sal”. A expressão “sal” no mundo do crime significa morte.

Traficantes são degolados após roubo de droga do CV
Cabeça de uma das vítimas encontrada ao lado do cartaz com o recado

Traficantes degolados são de facção rival

As vítimas, segundo relatório do IML disponível na internet, são Esdras Manasses Cavalcante Pinto, de 38 anos, e Adonias Junior Cardoso Filho, de 42 anos. Ambos são traficantes condenados que pertencem a uma facção rival ao Comando Vermelho.

Esdras já havia sido preso em agosto de 2020, e Adonias tinha uma ficha criminal extensa. No site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), ele possui quatro processos por tráfico de drogas e duas condenações por esse crime.

Mas apesar da ficha criminal, ambos estavam soltos e ainda no mundo do crime.

A morte dos traficantes que roubaram drogas do Comando Vermelho vai ser investigada pela Delegacia de Homicídios da Polícia Civil do Amazonas.

3 thoughts on “Traficantes são degolados após roubo de droga do CV

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *