fbpx
Carregando

Tipo de busca

Home Latrocínios

Sargento do Exército que planejou morte de empresário é preso

Avatar
Compartilhar

O sargento do Exército Brasileiro, Sydney Pinto Ferreira, de 30 anos, foi preso nesta sexta-feira (2). Ele estava sendo procurado pelo envolvimento no latrocínio, roubo seguido de morte, do empresário Yan Vitor Fonseca Rios, de 21 anos, no dia 29 de julho de 2019, no bairro Redenção, zona Centro-Oeste de Manaus.

Segundo o delegado Aldeney Goes, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), o sargento possuía informações sobre a rotina da vítima e arquitetou o assalto que foi feito por outros dois homens, já presos na época do crime.

O delegado explicou que Sidney era sargento temporário do Exército e chegou a ser preso por 30 dias, foi liberado e depois fugiu antes de ser decretado a prisão preventiva dele.

O mandando só foi expedido no dia 18 de dezembro de 2019 pelo juiz Áldrin Henrique de Castro Rodrigues da 10ª Vara Criminal.

Relembre o Caso

Na época em que ocorreu o crime, Sidney possuía as informações sobre o cotidiano de Yan, porque já havia trabalhado como segurança da família. O sargento arquitetou o assalto e contratou outros dois homens para executa-lo.

Sidney contou para os comparsas que no dia do crime Yan sairia de sua casa com um malote de R$ 20 mil e que o objetivo do crime era roubar esse dinheiro. Porém, na abordagem a vitima, os criminosos roubaram apenas uma pochete com a quantia de R$ 900.

Após o assalto, um dos homens atirou contra Yan que morreu na garagem de sua casa após reagir. O criminoso foi identificado como Eduardo Souza da Costa.

O terceiro envolvido, Paulo de Tássio Souza Picanço, foi preso na época do crime. Ele trabalhava como motorista de aplicativo.

Tags:

Você também poderá gostar

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *