fbpx

Professor de matemática é preso por armazenar e distribuir vídeos de crianças estupradas

Compartilhe!

A Polícia Civil do Amazonas prendeu Edvaldo Batarello, de 50 anos, suspeito de armazenar e distribuir vídeos de pornografia infantil. A prisão aconteceu durante a operação “Cyber241”, na manhã de hoje na rua Dois de Agosto, na comunidade União, localizado no bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul de Manaus.

De acordo com a delegada Ana Cristina Braga, titular da Delegacia Interativa, o professor de matemática armazenava as imagens pornográficas das crianças sendo estupradas e divulgava para terceiros por e-mail. As investigações começaram após o suspeito deixar rastros online.

Na residência de Edvaldo, os investigadores apreenderam dispositivos de mídia que passarão por perícia. A delegada explica ainda que o suspeito não só enviava, como também recebia vídeos com sexo explícito entre crianças e adultos.

Edvaldo foi indiciado pelo crime de armazenar e distribuir conteúdo de pornografia infantil e será levado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *