fbpx

Duas festas clandestinas com 2,5 mil pessoas foram fechadas durante fiscalização

Compartilhe!

Neste final de semana, a Central Integrada de Fiscalização (CIF) autuou 15 estabelecimentos em diferentes bairros de Manaus e encerrou duas festas clandestinas, uma delas com mais de 2 mil pessoas. Além disso, uma pessoa foi presa pelas equipes.

A ação foi coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e apura o descumprimento do decreto governamental com medidas para prevenção e combate ao novo coronavírus.

No domingo (22), após denúncias, a Central Integrada encerrou uma festa ilegal que ocorria na avenida Nathan Xavier, bairro Novo Aleixo, zona norte de Manaus. Tropas especializadas da Polícia Militar foram deslocadas para o bairro para dar suporte às equipes. Cerca de 2 mil pessoas estavam no local, sendo a maioria adolescente.

Flutuantes – As equipes da CIF também realizaram visitas aos flutuantes da capital, na tarde de sábado e domingo. Ao todo, 16 locais foram visitados, a maioria estava fechado. Apenas um flutuante foi autuado por descumprimento de decreto governamental.

O evento “Escondidin”, que estava ocorrendo em uma chácara no bairro Tarumã, zona oeste, também foi fechado durante as vistorias no sábado (21). No local, havia aproximadamente 500 pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *