fbpx

Policiais usavam SEAI para roubar ouro de garimpeiros.

Compartilhe!

A Operação Garimpo Urbano, deflagrada na manhã desta sexta-feira (9), pelo Gaeco e a Polícia Federal, descobriu um esquema de roubo de ouro que envolvia policiais que se aproveitavam da função para roubar grandes quantidades de ouro que eram transportado entre  o  Amazonas e o Pará.

Entre os presos encontra-se o secretário de Inteligência do Estado do Amazonas, delegado Samir Freire. 

Agentes da PF na casa do secretário Samir Freire

Segundo o Gaeco, os agentes públicos ligados a órgão de cúpula da Segurança Pública do Estado do Amazonas,  atuavam no monitoramento e abordagem de transportadores e usavam a estrutura e pessoal da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência para cometer o crime.

Ao todo foram cumpridos quatro mandados de prisão temporária e dez mandados de busca e apreensão por equipes da Polícia Federal e do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado no Amazonas e Pará.

Nota do Governo do Amazonas

O Governo do Amazonas informa que os agentes públicos estaduais alvos da operação deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), na manhã desta sexta-feira (09/07), serão afastados dos cargos que ocupam e exonerados das funções.

O Governo do Estado ressalta que condutas ilícitas de qualquer servidor público estadual não são toleradas e que vai colaborar com as investigações, prestando todas as informações necessárias aos órgãos de fiscalização e à Justiça.

One thought on “Policiais usavam SEAI para roubar ouro de garimpeiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *