fbpx

Polícia prende 14 envolvidos em ataque a delegacia e esquartejamento em Fonte Boa

Compartilhe!

Mais de 40 envolvidos no ataque a 55ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), em Fonte Boa, para linchar e esquartejar um detento suspeito de estupro já foram identificadas e indiciadas pela Polícia Civil. Neste fim de semana foram cumpridos os mandados de prisão preventiva de 14. Nove atuaram diretamente na morte e incineração do corpo do detento.

Os presos foram levados para Manaus e para a cidade de Tefé, já que a delegacia da cidade, que também funciona como unidade Prisional, passa por uma reforma depois da depredação.

A polícia ainda procura por mais seis pessoas que tiveram os mandados de prisão expedidos pela Justiça mas fugiram de Fonte Boa.

Até o momento, as investigações levantaram indícios da participação de 40 pessoas no ataque a delegacia.

Conforme o delegado Rodrigo Torres, todos os policiais que estavam no local, no dia do delito, foram ouvidos. Vídeos do crime foram utilizados para identificar os infratores. Torres destacou, ainda, que todos os 14 presos durante a ação policial possuem extensa ficha criminal, por delitos como homicídio, latrocínio, tráfico de drogas, roubo, lesão corporal grave, entre outros.

De acordo com o delegado José Afonso Barradas, os nove transferidos para Manaus são os que praticaram o homicídio e esquartejamento do preso, e os outros cinco tiveram participação na destruição do patrimônio público. Dentre as pessoas identificadas na participação no crime.

Nove presos foram indiciados por homicídio qualificado, vilipêndio de cadáver, dano ao patrimônio público, associação criminosa e incitação ao crime. As outras cinco pessoas irão responder por associação criminosa, danos ao patrimônio público e incitação ao crime.

Com informações da assessoria de imprensa da SSP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *