fbpx

Bandidos com fuzis matam cinco em bar por som alto

Compartilhe!

Um atentado a tiros praticado por bandidos com fuzis deixou cinco pessoas mortas e outras três feridas em um bar localizado na Travessa Marina, bairro de Jacutinga, em Mesquita (RJ), município na Baixada Fluminense. O ataque ocorreu na madrugada desta segunda-feira (3)

Duas das vítimas fatais foram identificadas como Edvaldo Ferreira da Silva, de 58 anos e Vinícius Douglas das Chagas Braga, de 29. Outras duas pessoas ainda não foram identificadas.

Leia mais: Ministro do STF suspende operações policiais em comunidades do Rio de Janeiro

Os feridos, por sua vez, foram identificados como sendo o militar reformado do Exército João Carlos Teixeira Neto, atingido num dos pés; Stephanie da Silva Lemos, de 32 anos, ferida na mão direita; Luciano dos Santos, de 50 anos, baleado de raspão na cabeça; Bruna Silva Martins, atingida na cabeça e num dos ombros.

João Carlos e Stephanie foram socorridos e internados no Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI), também na Baixada, e apresentam quadro de saúde estável. Bruna, que foi levada para a mesma unidade hospitalar, morreu no início da manhã após não resistir à gravidade dos ferimentos.

Pela manhã agentes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) estiveram no bar e realizaram a perícia, antes do recolhimento dos corpos. A Polícia Militar, por sua vez, informou em nota que foi acionada às 3h da manhã para uma ocorrência no bairro Jacutinga e viaturas do 20° Batalhão foram deslocadas para o local.

Ataque com fuzis no bar seria represália de bandidos por som alto

A suspeita é que o ataque tenha sido direcionado não às vítimas, mas ao bar, que funcionava, já em altas horas da madrugada, com música em volume elevado, incomodando a vizinhança. O bairro é controlado por milícias e uma das hipóteses é a de que integrantes do grupo paramilitar tenha enviado um recado sangrento como forma de impor respeito e autoridade sobre a população.

Segundo o formações do jornal carioca “Extra”, na hora do crime havia aproximadente 40 pessoas estavam no estabelecimento, quando um veículo branco parou em uma esquina próxima ao bar e três criminosos desceram, já iniciando uma saraivada de tiros na direção das pessoas que ali estavam. 

Segundo vizinhos, nenhuma das vítimas mortas pelos bandidos no bar tinha relação com o tráfico de drogas ou com os paramilitares do local.

As informações são do Extra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *