fbpx

Vereador foragido é preso pela Polícia Civil

Compartilhe!

Foi preso nesta sexta-feira (30) o vereador Lorram Gomes da Silveira (PTB), de 47 anos, com mandato em exercício atualmente na Câmara Municipal de Búzios, município do Rio de Janeiro localizada na Região dos Lagos. A prisão foi realizada pela Polícia Civil após o vereador se apresentar à Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), no Rio de Janeiro, após dois dias foragido.

Silveira era um dos alvos de uma operação deflagrada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro em operação realizada na manhã de quarta-feira (28), contra a falsificação de alvarás no município turístico. A ação foi batizada de Plastografos II — a palavra, em grego, significa “aquele que falsifica documentos”.

Leia mais: Governo do Amazonas cria Delegacia de Combate à Corrupção

De acordo com a acusação do MPRJ, as investigações revelaram que o vereador teria promovido, constituído, financiado e integrado uma organização criminosa dedicada à prática de corrupção passiva, uso de documento falso e estelionato. Silveira, que também já foi vereador entre 2009 e 2016, pode ter bens bloqueados no valor de aproximadamente R$ 9 milhões, por requisição do MPRJ, em medida já deferida pela Justiça.

Segundo o MP fluminense, era cobrada de empresários, por meio de despachantes, a quantia média de R$ 5 mil, além das taxas. Parte dos valores era pago diretamente ao então chefe de Gabinete do prefeito André Granado, Lorram Gomes da Silveira, para que ‘agilizasse a burocracia’ e emitisse os documentos rapidamente, sem que houvesse cuidado com a ordem cronológica de conclusão, enquanto uma outra parcela, menor, era cobrada pelos próprios despachantes, a título de serviços prestados.

Lorram Silveira exerceu o cargo em comissão de chefe de gabinete entre novembro de 2018 e maio de 2019, período em que foram praticados os delitos e chegou a ser preso, em outubro de 2019, na operação Plastografos I.

Com informações dos sites Extra e O Dia / Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *