fbpx

Padrasto é condenado por estuprar enteadas de 7 e 9 anos

Compartilhe!

As equipes de investigação Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), prenderam um padrasto por estuprar duas enteadas, de 7 e 9 anos, em crimes ocorrido no ano de 2012, em Manaus. O homem de 45 anos, foi detido pelas equipes policiais na última quinta-feira (9), após ser condenado a 23 anos e quatro meses de prisão pelo crime de estupro de vulnerável.

Conforme a delegada Joyce Coelho, titular da Depca, o indivíduo foi preso em uma via pública no bairro Tancredo Neves, zona Leste da capital.

Leia mais: Estupro contra a enteada de 16 anos leva padrasto à cadeia

Na ocasião, as vítimas contaram ao pai que vinham sendo abusadas havia mais de um ano pelo padrasto. Ao receber a notícia, o pai imediatamente se dirigiu até a unidade policial, onde registrou um Boletim de Ocorrência (BO).

Enquanto o processo tramitava na Justiça, o suspeito respondia em liberdade, até que, nNo dia 2 de fevereiro deste ano, foi expedido o mandado de prisão em razão de sentença condenatória, pela juíza Articlina Oliveira Guimarães, da 2ª Vara Especializada em Crimes contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes.

“Iniciamos as diligências e efetuamos a sua prisão”.

Joyce Coelho

O homem foi conduzido à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde permanecerá à disposição da Justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *