fbpx

Governador exonera secretário e policiais presos

Compartilhe!

O governador Wilson Lima informou, por meio de uma nota enviada pelo Governo do Estado do Amazonas, todos os agentes públicos presos durante a operação Garimpo Urbano, deflagrada na manhã desta sexta-feira (09) pelo Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Ministério Público Estadual (MPE-AM), com apoio da Polícia Federal, serão afastados dos cargos e exonerados das funções que exerciam.

O governo informou ainda que está colaborando com as investigações e que fornecerá todas as informações necessárias aos órgãos de fiscalização e à Justiça. O governo também ressalta que condutas ilícitas de qualquer servidor público não serão toleradas.

Em nota, o secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, informou que determinou à Corregedoria-Geral do Sistema de Segurança a abertura de um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) para julgar a permanência dos envolvidos na operação policial do MPE e PF nos quadros do sistema de segurança.

Secretário e Policiais presos roubavam ouro de garimpeiros

Entre os presos estão o secretário executivo de inteligência do Amazonas (Seai), delegado Samir Freire, e os policiais civis da Seai Adriano Frizzo e Andre Costa.

O secretário executivo de inteligência do Amazonas (Seai), delegado Samir Freire foi preso nas primeiras horas desta sexta-feira (09) – Divulgação

Segundo o Gaeco, os agentes públicos eram ligados a órgão de cúpula da Segurança Pública do Estado do Amazonas. Eles atuavam no monitoramento e abordagem de transportadores e usavam a estrutura e pessoal da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência para cometer o crime.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *